Google Plus vai acabar

Após falha de segurança de dados, a rede social denominada Google Plus chegará ao seu fim em Agosto de 2019.

A rede social da gigante Google já tem sua data de validade anunciada. No ar desde 2011, a empresa anunciou seu fim até Agosto de 2019 depois que uma grave falha na segurança de dados de seus usuários veio à tona.

Acredita-se que esta falha tenha afetado um pouco mais que 500 mil contas. O problema já foi corrigido em meados de Março de 2018, no entanto, ficou um clima de tensão no ar.

Como justificativa para o fim de sua rede social, a Google declarou que seu tráfego não era satisfatório e que, pelo menos, 90% de seus usuários ficavam apenas 5 segundos em uma página do Google + ocasionando baixo engajamento.

Apesar de o Google Plus chegar ao fim para usuários domésticos, a empresa ainda acredita que sua rede social possa trazer bons frutos e deixará contas empresarias ativas, mantendo o foco para um ambiente corporativo.

Leia também: social media marketing: melhore sua presença online.

A verdade sobre o fim do Google Plus

Apesar de a justificativa do baixo tráfego e baixo engajamento serem plausíveis. Certamente, a verdade é que por causa do bug que expôs mais meio milhão de usuários, entretanto, a Google ficou com sua reputação abalada.

A falha no sistema permitia que programadores externos ao Google + tivessem acesso à dados privados dos usuários. Apesar disso, a empresa saiu na frente e garantiu que nenhum dado ou mensagem privada foram expostos.

O anúncio sobre o fim do Google + foi feito em Outubro de 2018 e na mesma data. Então o seu vice presidente de engenharia, Ben Smith, declarou que o Google irá adotar novas configurações de privacidade para seus demais serviços.

Contas Google VS Privacidade

Ainda de acordo com Ben Smith, os únicos aplicativos que terão autorização para acessar dados de seus usuários são aqueles que proporcionem melhora direta com seus serviços de e-mail.

Assim, para ter acesso a tais informações o desenvolvedor deverá passar por avaliações de segurança e ainda concordar com as novas regras do Google. Além disso, estarão proibidos de vender ou transferir estes dados para rastreamento de campanhas por e-mail e anúncios.

Portanto, todas estas adaptações de segurança incorporadas ao Google fazem parte de um projeto interno chamado Project Strobe, que inclui uma revisão ao acesso de terceiros às contas do Google e a dados de dispositivos Android.

Muitos aplicativos e plataformas do Google são sucesso entre os usuários da rede. No entanto, o Google + não seguiu a mesma linha. Para quem tem uma conta no Google Plus terá até Agosto de 2019 para baixar e/ou migrar seus dados e se desligar totalmente da rede social.

Deixe o seu comentário abaixo!

“Se você tem mais dinheiro que cérebro, deve focar em marketing de interrupção. Se tem mais cérebro que dinheiro, deve focar em Inbound Marketing” – Guy Kawasaki

Fernanda Leme

Jornalista, curiosa e apaixonada pelo mundo da beleza e seriados e também apaixonada por escrever. Produtora de conteúdo, resolvi juntar tudo o que mais gosto neste espaço para poder trocar experiências e transmitir um pouco do meu conhecimento. Se gostar, espalhe por aí!

Website: http://bit.ly/fernandaleme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *